Nota do Gabinete de Imprensa do PCP

PCP condena a nova agressão israelita a Gaza

O Partido Comunista Português condena os bombardeamentos em curso de Israel sobre a Faixa de Gaza, que já provocaram dezenas de mortos e centenas de feridos entre a sua população. Esta nova agressão é da inteira responsabilidade do governo de Israel, que nos últimos dias optou por uma escalada dos confrontos, ao assassinar um dirigente da resistência palestiniana, matando também civis e crianças durante essa operação de liquidação que teve por alvo um prédio de habitação.

Inserindo-se numa longa lista de crimes e agressões contra o povo palestiniano, cujos direitos internacionalmente reconhecidos continuam a ser espezinhados por sucessivos governos israelitas, esta campanha de bombardeamentos contra uma população há décadas sujeita a um feroz bloqueio é igualmente inseparável da escalada de guerra e agressão do imperialismo.

O PCP insta o Governo Português – ao contrário do que sucedeu em anteriores agressões semelhantes – para que condene inequivocamente os bombardeamentos em curso e que intervenha no sentido de impedir a já anunciada intenção do governo israelita de os prosseguir. 

O PCP apela ao reforço da solidariedade com a luta do povo palestiniano e pelos seus inalienáveis direitos nacionais.

>
  • Soberania, Política Externa e Defesa
  • Central
  • Declarações e Comunicados do PCP
  • Imperialismo
  • Israel
  • Médio-Oriente
  • palestina
  • Sionismo