Pergunta Escrita à Comissão Europeia de Sandra Pereira no Parlamento Europeu

As mulheres e o mundo do trabalho

No seminário internacional “As mulheres e o mundo do trabalho em Portugal e na Europa” (28/05/2021, Loures), organizado pelo Movimento Democrático de Mulheres em colaboração com a Federação Democrática e Internacional das Mulheres, foram debatidas as condições de trabalho das mulheres agricultoras, arquitectas, professoras, investigadoras, enfermeiras, trabalhadoras da cultura e dos serviços mas também as condições de vida das mulheres reformadas.

A realidade das mulheres em contexto laboral foi amplamente analisada: baixos salários, discriminações salariais que se repercutem em prestações sociais baixas, designadamente pensões,adiamento da maternidade, dificuldade no acompanhamento aos filhos, desregulação de horários, impossível conciliação entre vida familiar, pessoal e profissional. Uma situação que se traduz na persistência das discriminações e falta de condições para participar em igualdade na sociedade.

Que medidas podem ser articuladas com os Estados-Membros de forma a erradicar a precariedade, transversal a todas as áreas laborais, e a eliminar discriminações salariais entre mulheres e homens,valorizando-lhes os salários?

Que apoios pode a Comissão prestar aos Estados-Membros para impulsionar a criação de uma rede pública de equipamentos e serviços de qualidade para crianças, idosos e pessoas com deficiência e que simultaneamente retirem a sobrecarga que têm no apoio à família?

Como podem ser promovidos o estudo da realidade das mulheres agricultoras e rurais em cada País e a resposta necessária à valorização do seu estatuto?

>
  • União Europeia
  • Perguntas
  • Parlamento Europeu