Intervenção

Intervenção do deputado<br />As prioridades da Uni?o em mat?ria de ac??es externas

Sr. Presidente, Nesta minha curta intervenção quero apenas sublinhar um aspecto que me preocupa sobremaneira no domínio da acção externa da União Europeia: refiro-me à crescente tendência para desvalorizar, em atenção e meios, a cooperação com os países de menor desenvolvimento. Tenho presente outros objectivos que se colocam à União Europeia nos dias de hoje. Mas entendo que a sua devida consideração não pode significar - até pelas expectativas criadas, pelas responsabilidades que incumbem à União Europeia e pelas crescentes dificuldades que aqueles países enfrentam - uma menor consideração dessas importantes zonas do mundo e, muito menos, a ausência de estratégias próprias e autónomas para as mesmas. E, a este propósito, chamo a atenção para as sucessivas reduções orçamentais no contexto da cooperação, as quais ilustram e avalizam os receios que acabo de referir e constituem um claro indício duma tendência que urge pôr termo.

>
  • União Europeia
  • Intervenções
  • Parlamento Europeu