Declaração de voto de Pedro Guerreiro no Parlamento Europeu

Direitos do homem no mundo em 2006 - Declaração de voto de Pedro Guerreiro no PE

Relatório Coveney sobre os direitos do homem no mundo em 2006 - política da União Europeia

Mais uma vez, a maioria do PE elabora um relatório sobre os Direitos do
Homem no mundo que, apesar de conter aspectos com os quais concordamos,
se caracteriza, fundamentalmente e de um modo geral, por uma visão
manipuladora e redutora dos Direitos Humanos (DH) - políticos, sociais,
económicos e culturais -, utilizando-os como instrumento de ingerência
e pressão política sobre alguns estados, sempre à medida dos interesses
e conveniências contextuais da UE.
Uma estratégia de utilização dos Direitos do Homem que passa pela
tentativa de instrumentalização do Conselho dos DH das Nações Unidas,
onde se pretende isolar os países que não se submetem ao "diktat" do
imperialismo.
Trata-se, como temos vindo a salientar, de um exercício de profunda
hipocrisia, onde se salvaguardam os países ditos "amigos" e se criticam
os "outros", aqueles que os EUA e a UE apontam como alvo. Prática com a
qual não podemos pactuar! Por isso, e uma vez mais, o relatório é
completamente omisso quanto a Israel - branqueando de facto a brutal
politica de agressão e de ocupação da Palestina por parte de deste país
-, que viola sistematicamente o direito internacional e desrespeita o
direito inalienável do povo palestiniano ao seu próprio Estado
soberano, independente e viável.

>
  • Regime Democrático e Assuntos Constitucionais
  • Declarações de Voto
  • Parlamento Europeu