Declaração de voto de Ilda Figueiredo no Parlamento Europeu

Declaração de Voto da deputada<br />Resolução comum sobre o Afeganistão

O nosso voto contra esta Resolução Comum justifica-se, em especial, pela aprovação de partes da resolução que pretendem justificar a guerra e a intervenção americana no Afeganistão, situação tanto mais grave quanto existe toda a pressão dos EUA para uma nova guerra contra o Iraque. De facto, discordamos totalmente do recurso à guerra para resolver os problemas do terrorismo. Como reiteradamente temos afirmado, há outras formas de combater o terrorismo, designadamente actuando na resolução das suas causas directas e indirectas. De igual modo, não se pode aceitar que, a pretexto do terrorismo, se ponham em causa os direitos e liberdades fundamentais, ou se pratique o terrorismo de Estado.No entanto, consideramos positiva, pelo que votámos favoravelmente esse ponto, a aprovação da solicitação, sob a égide das Nações Unidas, de uma investigação criteriosa às alegações de massacres e crimes de guerra, como o nosso Grupo teve ocasião de denunciar, designadamente através do convite, em 12 de Junho último, do realizador Jamie Doran a projectar o seu filme no Parlamento Europeu. De igual modo apoiamos a reivindicação de maiores apoios financeiros para a reconstrução económico-social do país e apoios humanitários urgentes.

>
  • Soberania, Política Externa e Defesa
  • Declarações de Voto
  • Parlamento Europeu