Sobre os mais recentes acontecimentos na Câmara Municipal de Vila Real de Santo António

Sobre os mais recentes acontecimentos na Câmara Municipal de Vila Real de Santo António
1- Face à detenção da Presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António ocorrida no passado dia 13 de Abril, assim como de alguns funcionários e interlocutores da autarquia, a CDU considera a necessidade de se clarificar com a máxima urgência os motivos que estiveram na origem desta actuação por parte das autoridades. Não antecipando julgamentos que competem ao poder judicial determinar, a gravidade das notícias que têm vindo a público, tornam imprescindível um cabal e rápido apuramento da verdade com as correspondentes consequências judiciais e políticas que este processo venha a impor.
2 – É conhecida a intervenção de denúncia e crítica que a CDU tem feito da gestão municipal em diversos domínios, urbanísticos ou outros, contrários aos interesses da população, do concelho e da própria autarquia. Estejam ou não directamente relacionados os recentes acontecimentos com o processo de venda por ajuste directo de um terreno em Abril de 2020 em Monte Gordo à empresa Saint Germain – Empreendimentos Imobiliários SA (contra o qual a CDU votou alertando então para eventuais problemas que dele podiam decorrer) o que se impõe reafirmar é que, para lá de ilegalidades agora em investigação, estamos perante um percurso de desastre imposto pela gestão do PSD ao longo dos últimos 16 anos neste concelho.
3- A demissão anunciada ontem por parte da Presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António – Conceição Cabrita – não anula no plano político, nem a gravidade dos factos que têm sido divulgados por diversos órgãos de comunicação social, nem a responsabilidade política do PSD na gestão que tem imposto ao concelho de Vila Real de Santo António.
Perante uma das maiores dívidas municipais do País, perante uma política de privatização das águas e recolha de lixo, perante a degradação dos serviços públicos da autarquia, perante a sucessão de negócios e negociatas lesivas da população – como a do estacionamento pago –, perante a degradação das condições de trabalho dos trabalhadores da autarquia, aquilo que se impõe é uma mudança a sério no concelho de Vila Real de Santo António, assegurando uma nova gestão e uma nova equipa que, tal como a CDU, coloque o interesse público e o desenvolvimento do concelho à frente de interesses particulares.
Vila Real de Santo António, 16 de Abril de 2021
A Coordenadora da CDU de Vila Real de Santo António