CDU contra a reorganização dos serviços de saúde que não serve as populações

Os eleitos da CDU apresentaram na reunião da Câmara Municipal de Loures uma moção contra a reorganização dos serviços de saúde, nomeadamente no que concerne ás alterações aos Hospitais de referência para a população do Concelho de Loures.

A moção foi aprovada por unanimidade.

As alterações que o Ministério da Saúde pretende introduzir a 1 de janeiro de 2024, no entender da CDU vêm dificultar ainda mais o acesso aos cuidados de saúde á população do Concelho de Loures, em particular aos utentes das Freguesias de Camarate, Unhos e Apelação que deixam de ter como referência o Hospital Beatriz Ângelo, em Loures e passam a pertencer ao Hospital São José, em Lisboa e de Santa Iria de Azóia, São João da Talha e Bobadela que deixam de ter como referência o Hospital de Santa Maria e passam igualmente para São José.

A CDU exige:

A reversão desta medida mantendo a população de Camarate, Unhos e Apelação a ter como hospital de referência o Hospital Beatriz Ângelo;

Que o Hospital de Santa Maria se mantenha como hospital de referência para as populações das freguesias de Santa Iria de Azóia, São João da Talha e Bobadela como até aqui e avaliar com as populações das restantes freguesias da zona oriental a continuidade do Hospital de São José como Hospital de referência;

O adequado investimento financeiro e humano nos Hospitais Beatriz Ângelo, Santa Maria e São José, o qual permita repor o normal funcionamento das urgências e das restantes respostas hospitalares em todas as áreas.

Ler moção:

Mocao_Contra-a-reorganizacao-dos-servicos-de-saude-no-concelho-de-Loures_13dez2023Descarregar